Política

Romero cobra de ministro liberação de recursos para área da saúde

Em audiência com Ricardo Barros, gestor pediu destinação de verba para custeio e aquisição de equipamentos de UBS de Campina Grande.  



Divulgação
Divulgação
Romero Rodrigues estava acompanhado de parlamentares na audiência com ministro Ricardo Barros

Diante da crise econômica, os gestores municipais fazem romaria na Esplanada dos Ministério em busca de verbas. Um deles é o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB). O tucano obteve do ministro da Saúde, Ricardo Barros, durante audiência nesta quarta-feira (8), em Brasília, a garantia de que serão liberados recursos para Campina Grande.

Romero, acompanhando do deputado federal Rômulo Gouveia (PSD), pediu prioridade para os recursos de custeio para Secretaria de Saúde do município, no sentido de permitir àquela pasta continuar realizando o trabalho que vem sendo planejado, visto que se encontra em situação de emergência em saúde pública de importância nacional, em razão dos casos de dengue, chikungunya, zika e as complicações advindas dessas doenças, como a microcefalia.

Também foi solicitada ao ministro liberação de recursos de emendas destinadas à Fundação Assistencial Paraibana – Hospital da FAP -, cujo diretor, Helder Macedo, estava presente na audiência, a exemplo dos vereadores de Campina Grande, Marinaldo Cardoso (PRB), Alexandre do Sindicato (PHS) e Saulo Noronha (SD).

Parte dos recursos é produto de emendas individuais, já empenhadas, apresentados pelos deputados federais Pedro Cunha Lima (PSDB), Benjamin Maranhão (SD) e Rômulo Gouveia, além dos senadores Cássio Cunha Lima (PSDB) e Raymundo Lira (PMDB).
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.