Política

Ricardo discute investimentos para a PB com Banco do Nordeste

Reunião será realizada na residência oficial do governador nesta quinta-feira. 




O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), participar nesta quinta-feira (14), às 16h, de uma audiência com o diretor de Negócios do Banco do Nordeste, Joaquim Cruz, para discutir investimentos para o Estado e a ampliação de parcerias já existentes entre as instituições, dentre elas para implantação de energias renováveis. O encontro será na Granja Santana, residência oficial do governador, e contará com a presença do superintendente do Banco do Nordeste na Paraíba, Wesley Maciel.

Em junho, Joaquim Cruz disponibilizou montante de R$ 1 bilhão em recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para os diversos segmentos empresariais presentes, das zonas urbana e rural. Uma das principais propostas apresentadas aos empreendedores do estado foi o FNE Sol. A proposta da linha de crédito é que as empresas adotem sistemas renováveis de micro e minigeração de energia e que o investimento possa ser temporariamente pago na diferença da redução da conta de energia. A empresa tem em média de cinco anos para quitar o valor, com 25 anos de vida útil do equipamento adquirido. A proposta foi apresentada ao setor hoteleiro, público potencial para o investimento.

Geração de energia

Na sexta-feira (15), às 8h30, o diretor Joaquim Cruz se reunirá com um grupo de empresas relacionadas às energias renováveis no auditório do Sebrae-PB, durante a realização do Fórum de Gestão do Banco do Nordeste. Na oportunidade, o Banco e as empresas vão debater a proposta de implementação de uma nova matriz energética no estado, com destaque à energia fotovoltáica e eólica. As instituições poderão tirar dúvidas, tanto sobre a técnica de funcionamento do sistema fotovoltaico e eólico, bem como formas de financiamento do Banco do Nordeste para o investimento.

A geração de energia elétrica com o uso de sistemas renováveis e limpos deve gerar investimento de R$ 920 milhões para os próximos anos, a partir da instalação de empresas que utilizarão o sistema fotovoltaico na matriz energética até 2019. Existem oito empreendimentos em fase de implantação na Paraíba já aprovados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em leilões realizados nos anos de 2014 e 2015. As cidades já definidas para receber os empreendimentos eólicos são: São José do Sabugi, Santa Luzia e Junco do Seridó. 

Cagepa 

Na agenda de compromissos previstos para os dois dias no estado, o diretor também realizará visitas a empresários e se reunirá com o presidente da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Marcus Vinícius, para discutir investimentos específicos para a Companhia. O diretor também cumpre agenda com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado (SETDE).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.