Política

Prédios do antigo Paraiban são reavaliados em R$ 37,5 milhões e vão a leilão

Estado deve perder R$ 9 milhões se conseguir vender imóveis na segunda tentativa.




Os dois prédios do antigo banco estatal Paraiban, um em João Pessoa e outro em Brasília, passaram por uma nova avaliação de valor para que o governo do estado realize uma segunda tentativa de leilão. A secretária de estado da Administração, Livânia Farias, adiantou que os imóveis foram reavaliados em R$ 37,5 milhões para os dois lotes, mas ainda não há data para o leilão. A reavaliação foi entregue no último dia 28 de março. Com o novo estudo, o governo do estado deve perder R$ 9 milhões com a venda dos dois imóveis.

O primeiro lote imóvel contempla o edifício-sede do antigo Paraiban, localizado na Avenida Epitácio Pessoa, na capital. No prédio funcionou pelo menos oito repartições públicas estaduais, dentre elas a Controladoria Geral do Estado, Procuradoria Geral do Estado e Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), além de uma agência do Banco Real, que adquiriu a estatal. O outro lote se refere a um imóvel localizado em Brasília, no Distrito Federal.

Livânia Farias disse que após o novo estudo de valor, que é comum quando o leilão é deserto, ou seja, quando não aparece interessados, a Secretaria de Administração vai procurar agendar uma nova data para realização da hasta pública. “Acredito que no máximo em 20 dias tenhamos uma data para a segunda tentativa de leilão dos imóveis”, antecipou.

Na primeira tentativa de venda dos prédios do antigo Paraiban, os imóveis foram avaliados em R$ 46,5 milhões, sendo o lance mínimo para o imóvel de João Pessoa fixado em R$ 42 milhões e o de Brasília em R$ 4,5 milhões. O leilão aconteceu no Cine Banguê do Espaço Cultural José Lins do Rêgo, mas nenhum lance foi dado pelos edifícios.

Os imóveis foram colocados à venda pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) em abril do ano passado, depois que o então novo presidente da Assembleia legislativa da Paraíba, deputado Gervásio Maia (PSB), desistiu de por em prática do ex-presidente da Casa, Adriano Galdino (PSB), de transferir a sede do legislativo estadual para o local.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.