Política

Paraibano assume presidência do INSS em meio à crise com fila de pedidos

Leonardo Rolim terá o desafio de resolver ‘congestionamento’ na Previdência.




O secretário de Previdência, Leonardo Rolim, fala sobre a proposta de reforma da Previdência, durante entrevista coletiva. Foto: reprodução/TV Brasil

O paraibano Leonardo José Rolim Guimarães foi nomeado para o cargo de presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em substituição a Renato Rodrigues Vieira. A nomeação, anunciada nesta terça-feira (28), pelo secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, em entrevista coletiva, foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (29). Rolim era secretário de Previdência e, segundo Marinho, foi escolhido para não comprometer a continuidade do atendimento.

A chegada do paraibano à presidência ocorre em meio a buscas de solução para as filas do INSS. Mais de 1,3 milhão de pedidos estão aguardando, há mais de 45 dias, pela análise da solicitação, prazo estabelecido pela legislação. O governo anunciou a contratação de militares da reserva e civis para uma força-tarefa.

Marinho disse que a opção pelo secretário de Previdência para substituir Vieira deveu-se ao conhecimento de Leonardo Rolim sobre o tema e os problemas da pasta, o que contribuirá para evitar dificuldades na transição e na busca de solução para as filas do INSS.

“Quem estamos trazendo tem capacidade operacional e conhecimento técnico, além de ter relação estreita com funcionários do INSS. Para nós, pode ser oportunidade de ganhar mais experiência sem perder todo o escopo do trabalho que foi construído”, ressaltou.

Rogério Marinho não adiantou, contudo, quem deverá assumir o lugar de Rolim. “O substituto teremos um pouco mais de cuidado para buscar o nome. Podemos aguardar mais tempo para achar quem irá assumir, para termos alguém que tenha familiaridade com o tema e não precise reiniciar o processo”, afirmou.

Leonardo Rolim

Natural de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, Leonardo José Rolim Guimarães possui mestrado em Administração pela Universidade de Brasília (UnB) e é graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). No Ministério do Trabalho e Emprego, foi assessor do secretário-executivo e assessor especial do ministro.

Leonardo Rolim é consultor de orçamento na Câmara dos Deputados, aprovado no concurso de 1999. Cedido ao Senado Federal, foi assessor do presidente da Comissão de Assuntos Econômicos e diretor da Assessoria Especial de Planejamento e Modernização Administrativa. Rolim é especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), e tem trabalhos publicados nas áreas de previdência e trabalho.

Na área acadêmica, Leonardo Rolim foi instrutor de Administração Pública na ENAP, ministrando vários cursos na área de administração pública e planejamento governamental para diversos órgãos, como a Marinha do Brasil, a Fundação Oswaldo Cruz e o Governo do Estado do Ceará. Também foi professor do curso de graduação em Administração da Associação de Ensino Universitário do Distrito Federal (UDF).

Entre os trabalhos publicados, estão os estudos técnicos “Transferências voluntárias para instituições privadas sem fins lucrativos nas áreas de Trabalho, Previdência e Assistência Social” (Câmara dos Deputados) e “Ações do governo federal para reduzir a informalidade no mercado de trabalho (Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicada – IPEA).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.