Política


Aguinaldo e Efraim Filho participam de café da manhã com Temer

Presidente busca apoio contra denúncias da PGR e aprovação de reformas. 




Marcos Corrêa/Presidência da República
Marcos Corrêa/Presidência da República
Michel Temer reuniu ministros e aliados para buscar apoio. Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República

Líder do governo na Câmara Federal, o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP), e o deputado Efraim Moraes (DEM), líder do partido na Casa, foram os únicos parlamentares da bancada da Paraíba a participar do café da manhã promovido pelo presidente Michel Temer (PMDB), na manhã desta quarta-feira (13), no Palácio da Alvorada. No encontro também estiveram presentes ministros de governo e outros parlamentares de sua base no Congresso Nacional. 

O café foi promovido um dia após o anúncio de uma possível segunda denúncia contra Temer, que deve ser apresentada pela Procuradoria-Geral da República no Supremo Tribunal Federal (STF). Michel Temer pediu para que os aliados façam um “discurso de rebate” às críticas endereçadas ao governo. Temer afirmou que sua gestão não se aquieta, pois “enquanto as pessoas vão protestando, a caravana vai passando”.

"Vocês incentivem os nossos deputados, os nossos senadores, onde quer que estejam, e onde estejam também, para fazer um discurso de rebate. Porque muitas e muitas vezes eu vejo que a pessoa vai para um lugar, ouve uma coisa negativa e se aquieta. Fica em silêncio. Não pode se aquietar”, disse o presidente.

Outro tema em que o presidente  busca fortalecer a base de apoio se refere a aprovação de reformas propostas pelo Executivo, entre elas a da Previdência. Temer insistiu na necessidade de aprovar a reforma da Previdência e declarou que a população compreende as medidas adotadas pelo governo. “A corrente popular não é em nosso desfavor. Penso eu, que é em nosso favor ou se não é em nosso favor, ela compreende o que está acontecendo”.
 
No café, Temer defendeu as ações de sua gestão diante dos deputados e destacou que, na eleição de 2016, quem adotou o discurso de “um governo reformista” teve bom desempenho. O presidente apontou que é preciso produzir, até abril ou maio, “um governo tão produtivo” para fortalecer candidatos a deputado e senador da sua base de apoio na próxima eleição.
 
Presenças
 
Dentre os ministros que foram ao café da manhã, estiveram Maurício Quintella (Transportes), Antônio Imbassahy (Secretaria de Governo), Henrique Meirelles (Fazenda), Dyogo Oliveira (Planejamento), Eliseu Padilha (Casa Civil), Fernando Coelho (Minas e Energia) e Blairo Maggi (Agricultura).
 
Também estiveram presentesa, além de Aguinaldo Ribeiro e Efraim Moraes, os deputados Baleia Rossi (PMDB-SP), líder do partido na Câmara; Alfredo Kaefer (PSL-PR), líder do bloco PTB, Pros, PSL, PRP; Áureo Moreira (SD-RJ), líder do Solidariedade, além de outros parlamentares.