Política

Políticos e artistas lamentam morte da instrumentista Zabé da Loca

Mensagens foram publicadas na internet na manhã deste sábado (5).




Divulgação
Divulgação
Familiares da artista paraibana confirmaram sua morte neste sábado (5)

Artistas e políticos paraibanos lamentaram a morte da artista Zabé da Loca neste sábado (5). Isabel Marques da Silva 'Zabé da Loca' tinha 93 anos e morava no município de Monteiro, na região do Cariri. Ele enfrentava problemas de saúde causados pelo Alzheimer.
 
Na internet, o cantor Chico César utilizou sua página em uma rede social para lembrar o talento da artista e lamentou a morte. “Mais um dia triste. Hoje sem Zabé da Loca”, escreveu.

O grupo musical Cabruêra publicou um trecho da  música 'Zabé sabe', composta pelos artistas em referência a ela e lembrou o exemplo de bravura da tocadora de pífano.

O secretário de Cultura da Paraíba, Lau Siqueira, também publicou uma mensagem em referência a Zabé da Loca. “Que a eternidade abrace nossos mestres, já que a vida foi sempre um não repetido infinitamente. Paz e luz na sua passagem, Zabé”, compartilhou. 

 

Que a eternidade abrace nossos mestres, já que a vida foi sempre um não repetido infinitamente. Paz e luz na sua passagem, Zabé.

Uma publicação compartilhada por Lau Siqueira (@lau.siqueiraa) em

Já o governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), escreveu uma mensagem lembrando a força e resistência de Zabé a representação da arte popular. “A arte popular e a resistência nordestina perderam, hoje, no Cariri, Zabé da Loca. Vá em paz”, publicou. 

O deputado estadual João Henrique (DEM) utilizou a internet e publicou um texto lamentando o ocorrido. “Recebi com profunda tristeza a notícia do falecimento da 'Rainha do Pífano', representante fiel da cultura popular monteirense e da Paraíba, Zabé da Loca. O que me conforta é saber que, em vida, ela recebeu todas as homenagens possíveis, como foi o caso da construção do Memorial e da criação do Festival Zabé da Loca, ambos na gestão da ex-prefeita de Monteiro, Edna Henrique. Nesse momento, eu e Edna prestamos sinceras condolências aos familiares e amigos por tão dolorosa e grande perda. Zabé da Loca partiu, porém, deixou seu nome marcado nesta terra onde viveu e contribuiu para seu engrandecimento”, escreveu o parlamentar paraibano.

O cordelista e cantor Beto Brito também publicou um texto em referência a artista. "Zabezinha, obrigado. Vá com Deus, que seu pife alegre o universo e o seu sorriso contamine as estrelas para que jamais deixem de alumiar a terra espalhando sabedoria, humildade e arte popular para todos nós, que aprendemos muito com o seu carinho e amor pela música e pelo Nordeste.

A cantora e atriz Sandra Belê fez referência a 'Zabé' lembrando sua maestria de encantar o público com o som do pífano. "E lá se foi nossa guerreira, nossa maestrina na arte de encantar ao som do pífano e viver com simplicidade. E lá se foi nossa Zabé da Loca, nosso símbolo de mulher caririzeira que tirou leite de pedra! Mesmo! Inspiração!! A Josivane Caiano, minha admiração pelos cuidados e carinhos que a propiciaram um viver tranquilo. Obrigada por nos proporcionar vivências transcendentais no seu terreiro, Zabé!!", descreveu.