Política

Janot não vai mais participar de inauguração de nova sede do MPF

Procurador-geral da República não poderá se ausentar de Brasília nesta quinta-feira (27), data do evento.




O procurador-geral da República, Rodrigo Janot Monteiro de Barros, não vai mais participar da inauguração da nova sede do Ministério Público Federal (MPF) em João Pessoa nesta quinta-feira (27). A anúncio foi feito nesta quarta (26) pelo órgão, que afirmou que Janot será representado pelo secretário-geral do órgão, procurador Blal Yassine Dalloul, uma vez que não pode se ausentar de Brasília. A solenidade ocorre a partir das 17h, no prédio novo, localizado na Avenida Epitácio Pessoa, nº 1800, no bairro Expedicionários.

Com valor global de R$ 25,19 milhões, o novo prédio do MPF em João Pessoa foi construído pela empresa Comercial Térmica Ltda. (Comtérmica). Possui nove andares, 17 gabinetes para procuradores da República, salas para as assessorias dos gabinetes, auditório para 100 pessoas, salas para reuniões, sala para atendimento ao cidadão, sala de oitivas, entre outros ambientes.

"A obra da nova sede foi um desafio vencido com a união e os esforços de muitos que se dedicaram com seu empenho individual, muito além de suas próprias atribuições. Os percalços foram enfrentados com tenacidade e objetividade. Este é um espaço para servirmos ao cidadão, único destinatário de nossa atuação", declarou o procurador-chefe do MPF na Paraíba, Rodolfo Alves Silva.