Política


Temer 'rifa' André Amaral e nomeia diretor da Ancine ministro da Cultura

Jornalista Sérgio Sá Leitão vai assumir comando no Ministério. 




O presidente Michel Temer escolheu o jornalista Sérgio Sá Leitão, atual diretor da Agência Nacional de Cinema (Ancine), para assumir o comando do Ministério da Cultura. O cargo estava vago há um mês, quando o ministro interino da Cultura João Batista de Andrade entregou carta de demissão. O deputado federal André Amaral (PMDB) chegou a ser cogitado para o cargo, mas Temer acabou optando por uma indicação técnica.

Além de André Amaral, que recebeu apoio de setores da cultura como a Cooperativa Federal do Circo (COFEC), União Nacional os Servidores de Carreira das Agências Reguladoras Federais (UnaReg), Centro Cultural do Movimento Escoteiro (CCME) e Fundação Gilberto Freyre, a vaga estava sendo disputada também pelo PTB, que pretendia indicar a deputada Cristiane Brasil, filha do ex-deputado Roberto Jefferson.

Sérgio Sá Leitão tem 49 anos. Jornalista, trabalhou no jornal "Folha de S. Paulo", e foi chefe de gabinete do Ministério da Cultura na gestão de Gilberto Gil, chegando à presidência da Ancine por indicação do então ministro Roberto Freire.