Política


Berg Lima e ex-secretário de Bayeux se desentendem após exoneração

Ramon Acioly acusou prefeito de manter fantasma na gestão 




Após deixar o cargo de secretário da Indústria, Turismo e Comércio de Bayeux, Ramon Acioly foi à Câmara Municipal de Bayeux na manhã desta quinta-feira (22) para fazer denúncias contra a gestão do prefeito Berg Lima. Ele acusou a prefeitura de Bayeux de manter funcionários fantasmas e afirmou que deverá acontecer uma demissão em massa nos próximos dias.

Ramon Acioly disse que encontrou no  Sagres do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) pelo menos nove servidores lotados na pasta a qual ocupava e que nunca viu na secretaria. 

Em nota, Berg Lima classificou a ida do ex-axuliar à câmara Municipal como “leviana e irresponsável”. Ainda segundo a nota, Ramon Acioli foi exonerado na tarde desta quarta-feira (21), após uma decisão do prefeito que avaliou que o ex-secretário não estava atendendo as expectativas da pasta. “O ex-secretário estava usando a pasta apenas como palanque político para uma futura candidatura em 2018. Deixando a responsabilidade da secretaria em cima do adjunto Bruno Sena”, complementa. 

Para Berg Lima, as posições unilaterais de Acioli, além de prejudicarem o andamento das ações da pasta, atrapalhavam o bom trabalho do secretário Adjunto Bruno Sena, que muitas vezes procurou o gabinete para reclamar da falta de compromisso do ex-secretário.