Política


Manoel Júnior assume prefeitura e viaja a Brasília para buscar R$ 140 mi

Peemedebista terá audiências com Ministério das Cidades e da Justiça. 




O vice-prefeito João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB), assumiu o comando da prefeitura da capital nesta segunda-feira (12) já com as malas prontas para a Brasília. O peemedebista vai participar nesta tarde de uma audiência no Ministério das Cidades para cobrar a liberação de uma emenda impositiva de R$ 140 milhões para investimentos das áreas de mobilidade urbana e infraestrutura. “Luciano (Cartaxo) fez uma orientação para ver se conseguiriamos empenhá-la, porque estava prometida para junho”, revelou Manoel Junior.

A agenda do prefeito em exercício em Brasília segue nesta terça-feira (13) com uma audiência no Ministério da Justiça, com o ministro Torquato Jardim, para tratar do convênio firmado com a prefeitura para a instalação de câmeras de videomonitoramento

No retorno à João Pessoa, Manoel Junior, que é médico, deve retomar a programação com visitas às unidades de saúde que estão sendo construídas pela prefeitura. O prefeito em exercício disse que vai visitar obras das unidades básicas de saúde em pelo menos duas localidades. Na manhã desta segunda-feira, ele visitou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Bancários que deverá ser entregue em janeiro de 2018. 

Manoel Junior disse que também pretende se reunir com a bancada de apoio ao prefeito na Câmara Municipal de João Pessoa. “Eu tinha um almoço com a bancada nesta terça-feira, mas vou remarcar, que sabe para a quarta-feira, dependendo da disponibilidade da maioria”, comentou. 

Segunda vez

Esta é a segunda oportunidade em que Manoel Junior assume o comando da prefeitura, desde que se foi empossado no cargo de vice-prefeito, no dia 1º janeiro deste ano. Da primeira vez, o peemdebista ocupou a cadeira durante o Carnaval, para o prefeito Luciano Cartaxo tirasse uns dias de folga. 

Desta vez, Manoel Junior porque o prefeito foi para a Espanha participar do II Fórum Ibero-americano de Prefeitos na cidade de Santander, no Norte do país. O evento é promovido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em parceria com a prefeitura local e as universidades de Cantábria (UC) e Internacional Menéndez Pelayo.