Política

Partidos de oposição a Temer lançam Frente por 'Diretas Já' nesta quarta

Movimentação ocorre no dia do julgamento da chapa Dilma-Temer no TSE. 




Partidos que fazem oposição ao governo do presidente Michel Temer (PMDB) vão aproveitar a movimentação no julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quarta-feira (7) para lançar a Frente Parlamentar Suprapartidária por eleições Diretas. A solenidade será realizada às 16h, no Salão Nobre da Câmara Federal.

Formada por cinco partidos, incluindo PSB, PSOL, PT, PDT e PCdoB, a Frente conta também com o apoio de movimentos populares, centrais sindicais, religiosos, juristas, estudantes e organizações não-governamentais. 

 

O objetivo central da frente, segundo os integrantes, é somar-se ao protagonismo de artistas, intelectuais e da sociedade civil organizada no movimento em defesa de eleições “Diretas Já”, além de fortalecer a pressão sobre o Congresso para aprovar a Proposta de Emenda à Constituição 227, que visa a alterar a Constituição para garantir a convocação de eleições diretas em caso de vacância do cargo de presidente da República até seis meses antes do fim do mandato.

No Senado, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou, por unanimidade, no último dia 31 de maio, uma proposta semelhante, que também garante a convocação de eleições diretas em caso de vacância.