Política

Gervásio anuncia Centro Administrativo no Paraíba Palace e mudanças na sede

Assinatura do contrato será na terça-feira (29). Edifício sede também sofrerá mudanças.




Revista Edificar
Revista Edificar

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Gervásio Maia (PSB), anunciou para a próxima terça-feira (29), a data de assinatura do contrato de aluguel e instalação do novo Centro Administrativo do Poder Legislativo, que ficará no prédio do antigo Paraíba Palace, no Ponto de Cem Réis, Centro de João Pessoa. Segundo o gestor, o imóvel abrigará vários setores administrativos da ALPB, que hoje funcionam em anexos alugados.

“A Casa hoje funciona em vários endereços e a ideia foi concentrar grande parte dos setores administrativos num único local. A transferência para o Paraíba Palace gerará custos para a Assembleia Legislativa, pois, o dono do prédio irá entregá-lo com as salas já climatizadas e dimensionadas de acordo com as necessidades interesse da Assembleia”, explicou Gervásio.

Ainda de acordo com o presidente, o “novo prédio” tem amplo espaço interno, subdividido em três pavimentos e três elevadores. A ideia é que os servidores possam trabalhar num ambiente mais adequado a prestação de serviço que exercem. “Além disso, teremos uma grande economia com limpeza, segurança, entre outros, englobando o funcionamento em um único prédio, isso é algo considerável. A entrega dos imóveis antigos praticamente irá pagar o aluguel do Paraíba Palace”, argumentou.

Outras novidades anunciadas por Gervásio Maia foi a desocupação de um prédio anexo pertencente a Casa Civil do Governo do Estado, onde hoje funcionam vários setores da ALPB, para abrigar o Centro Médico do Poder Legislativo, que funciona no bairro de Jaguaribe.

Ele também anunciou melhorias no edíficio-sede, a exemplo da ampliação dos setores que ficam no subsolo, a exemplo do Plenário Deputado José Mariz, que será aumentado em oito metros quadrados, e relocação da Taquigrafia e Comitê de Imprensa para novos ambientes, e a criação de duas salas para reunião das comissões temáticas e sala de reuniões, anexa ao Plenário. “Nossa passagem é rápida, apenas dois anos, mas queremos deixar uma marca positiva para a Casa de Epitácio Pessoa, com todos os setores funcionando em locais dignos e bem estruturados”, frisou.