Política

Cássio diz que PSDB tem muita responsabilidade com o país

Senador revela que partido analisa gravações de delações contra presidente. 




Reprodução/Internet
Reprodução/Internet
Cássio prevê interferência momentânea na tramitação das reformas no Congresso Nacional

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) disse, nesta sexta-feira (19), que seu partido está avaliando as gravações das delações de sócios e executivos da JBS para depois tomar uma posição definitiva em relação ao governo de Michel Temer, levando em consideração a estabilidade do país.

“O partido tem várias instâncias de deliberação, não apenas a bancada no Senado nem a bancada da Câmara. É um momento em que precisamos ter um integral conhecimento das gravações que foram feitas para que nós possamos avaliar esse processo. O PSDB sempre teve muita responsabilidade com o país. E será sempre pensando no Brasil, aquilo que possa nos trazer estabilidade , que possa nos garantir a saída para essa crise atinge milhões de brasileiros, é a conduta que o partido terá.

Reformas

Cássio também reconheceu que as denúncias contra Temer provocaram consequências momentâneas na tramitação das reformas trabalhista e da Previdência no Congresso. “Se criou uma turbulência. É óbvio que qualquer pessoa de bom senso percebe que haverá uma interferência momentânea na tramitação das reformas”, explicou o senador tucano.