Política


Temer teria passado informações privilegiadas para donos da JBS

Presidente adiantou a empresários sobre queda de taxa de juros.




O presidente Michel Temer teria antecipado ao empresário Joesley Batista que o Comitê de Política Monetária (Copom) cortaria a taxa de juros em 1 ponto percentual. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (18) pelo jornal 'Folha de São Paulo'.

Caso se confirme a delação, o presidente terá passado informação privilegiada - que nem ele mesmo deveria saber - ao empresário, dando vantagens indevidas à JBS.

O episódio é parte do acordo de delação premiada dos donos da JBS com a Procuradoria Geral da República. A conversa foi gravada no dia 7 de março, no Palácio do Jaburu; no dia 12 de abril, o Copom reduziu a taxa Selic em 1 ponto percentual para 11,25%.

No mesmo encontro, conforme a delação, o presidente deu seu aval para que a JBS pagasse propina a Eduardo Cunha em troca de seu silêncio.