Política

Enivaldo diz que pesquisa pode ser o critério para definir candidato ao governo

Presidente do PP ressalta que melhor para Campina Grande seria Romero, mas prega unidade das oposições. 




Divulgação
Divulgação
Enivaldo Ribeiro prega unidade das oposições para eleições de governador

O presidente estadual do PP e vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro, disse nesta quarta-feira (19) que a realização de uma pesquisa pode ser o critério para definição do candidato das oposições ao governo do Estado em 2018. Segundo ele, o melhor nome para Campina Grande na disputa para o Palácio da Redenção seria do prefeito Romero Rodrigues (PSDB).

“Talvez uma pesquisa seja o critério. A aceitação do povo é importante em todos os níveis para escolha do candidato”, pontuou Enivaldo, que participou da solenidade de lançamento da programação do Maior São João do Mundo, no auditório da FIEP, na Rainha da Borborema.

Ele fez questão de ressaltar que o PP não decidiu quem vai apoiar para governador porque ainda não existe candidatura da oposição. “Isso vai corporificar mais na frente. O que existe é que os partidos (de oposição) estão unidos com toda certeza em relação à candidatura ao governo do Estado, a exemplo do PP, PSDB, PSD e PMDB. PSC e outras legendas”, frisou Ribeiro.

Durante entrevista, ao ser indagado se o melhor candidato da oposição ao Palácio da Redenção seria o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), ou de Romero Rodrigues não titubeou. “Para Campina Grande, o melhor é Romero”.

São João

Em relação à realização do São João deste ano, Enivaldo Ribeiro destacou a parceria da prefeitura com a iniciativa privada, que vai promover os festejos no Parque do Povo e distritos campinenses.
“A expectativa para este ano é muito boa. A atitude de Romero Rodrigues de terceirizar a realização do São João é muito importante na minha opinião. Esse São João vai ser melhor de todos os tempos”, concluiu Enivaldo.