Vida Urbana

Prefeitura de CG prepara edital para licitação da concessão de água

Cagepa e empresa privada poderão participar do pregão. Aesa pede cautela. 




Reprodução/YouTube
Reprodução/YouTube
Procurador José Mariz diz que contrato com a Cagepa terminou em 2014

O procurador-geral do Muncípio de Campina Grande, José Fernandes Mariz, revelou que a prefeitura está elaborando um edital de licitação da concorrência pública com vistas à concessão dos serviços de fornecimento de água e tratamento de esgoto da cidade. Segundo ele, o contrato com a Cagepa, de 50 anos, terminou em 2014.

Mariz acrescentou que a Cagepa ou uma empresa privada poderá participar da concorrência. Todavia, o procurador adiantou que o contrato vai ser diferente do celebrado com a empresa estatal. “A empresa que ganhar a licitação vai ter que pagar a prefeitura pela concessão, prestar um bom serviço e cumprir metas de investimentos em saneamento básico e tratamento de água”, explicou José Mariz, acrescentando que o edital de licitação vai ser divulgado ainda neste semestre.

Aesa pede cautela

O presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA), João Fernandes, pede cautela sobre eventual municipalização no serviço de água e esgoto de Campina Grande seja por meio de uma empresa privada ou ligada à prefeitura

“É preciso ressaltar que a infraestrutura de saneamento que existe em Campina Grande pertence à Cagepa. Em Sousa, criou-se a Daesa que tornou o abastecimento de Sousa um caos. Eu sugiro a eles que, em nome de Campina, peçam estudos mais consequentes porque não falta aventureiro no Brasil e no mundo que queira a privatização do serviço público. Tem privatização que deu certo, mas tem privatização por aí que deu errado”, frisou Fernandes.