Vida Urbana

Ação da Rede Paraíba vai plantar 60 mil árvores em JP e CG

Ação é em comemoração aos 30 anos das TVs Cabo Branco e Paraíba. 



Cógenes Lira
Cógenes Lira
Eduardo Carlos e Luciano Cartaxo firmaram parceria para plantio das mudas na capital

Em comemoração aos 30 anos de fundação das Tvs Cabo Branco e Paraíba, a Rede Paraíba de Comunicação vai desenvolver uma campanha de conscientização sobre a importância do meio ambiente. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), e de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), firmaram uma parceria com a Rede Paraíba para o plantio de 30 mil árvores na capital e outras 30 mil na Rainha da Borborema.

A campanha terá início em João Pessoa no dia 12 fevereiro, com um evento no Busto de Tamandaré, na praia de Cabo Branco. No local será montado um estande com mesa de frutas para um café da manhã e uma tenda com distribuição de mudas. Na ocasião, serão plantados três mil coqueiros na costa de João Pessoa, da Praia do Sol ao Bessa. 

Em Campina Grande, o lançamento acontecerá no dia 19 de fevereiro no Açude Velho, onde também será montado um estade com programação e plantio de mudas de jacarandá. 

Na assinatura da parceria em João Pessoa, o  presidente da Rede Paraíba, Eduardo Carlos, destacou que com a reposição de plantas nativas e o plantio de novas árvores, o momento é de reafirmar a preocupação da empresa com o meio ambiente. “Também queremos fazer uma homenagem ao professor Lauro Xavier, que foi, sem sombra de dúvidas, o percursor das discussões socioambientais na Paraíba”, comentou. 

Luciano Cartaxo, prefeito de João Pessoa, parabenizou a iniciativa da Rede Paraíba e disse que a prefeitura estará à disposição para a campanha. “Vamos envolver a população para que a gente possa ter as 30 mil mudas de árvores plantas ao longo deste ano”, afirmou. 

O secretário de meio ambiente de João Pessoa, Abelardo Jurema Neto, que também participou do ato, disse que a população receberá um cartilha com orientações sobre o plantio e cuidados com as plantas. “A parte educativa ficará a cargo da Seman e faremos com que o pessoense abrace essa ideia, como abraçou a Lagoa. Iremos arborizar a cidade e certamente João Pessoa estará preparada para ser a cidade mais verde do Brasil”, disse.

Além dos três mil coqueiros que serão plantado em João Pessoa, ao longo do ano, outros 25 mil mudas serão colocadas em áreas degradadas (Parque Cabo Branco, nascente do Rio Cabelo e Rio Jaguaribe e parte externa da Mata do Buraquinho) e 5 mil em ambientes urbanos (Parque da Lagoa, Praças da Independência e do Caju, Bosque do Retão de Manaíra, Avenida das Indústrias, canteiro central da Míriam Barreto Campelo, Bairro Aeroclube, e da Hilton Souto Maior, em Mangabeira).

Em Campina Grande

Em Campina Grande, a assinatura da parceria aconteceu nesta quarta-feira (11). O prefeito Romero Rodrigues, se mostrou feliz com a iniciativa, que considera louvável por preservar o meio ambiente. “Quem ganha é a cidade com essa iniciativa”, destacou.

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) também prestigiou a assinatura do protocolo de intenção e afirmou que essa ação é politicamente correta por pensar na cidade com projetos sustentáveis. “A população de Campina percebe a chegada da Primavera com os Ipês e agora com mais árvores sendo plantadas o município e os moradores vão ganhar em termos de preservação do meio ambiente”, enfatizou. 

Campina Grande já conta com o projeto Minha Árvore, que será ampliado e intensificado na cidade após a parceria com a Rede Paraíba de Comunicação. Atualmente, segundo o secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), Geraldo Nobre, o município conta com 60 mil árvores e um déficit de 150 mil plantas, segundo levantamento do último Censo de dezembro de 2016. 

“Para se ter uma ideia da importância do projeto de arborização, o plantio de mudas de novas árvores vem beneficiando todos os bairros, logradouros públicos como as praças e canteiros centrais dos principais corredores da cidade. Essa parceria só veio acrescentar o projeto e Campina Grande ganha em termos de arborização”, ressaltou.