Política

Rômulo é contra foro privilegiado e anistia ao caixa dois

Deputado diz que autoridade deve ter mesmo tratamento do cidadão.     



Divulgação
Divulgação
Rômulo diz que maioria dos deputados do PSD é contra anistia à corrupção e à lavagem de dinheiro

O deputado federal Rômulo Gouveia (PSD) anunciou nesta segunda-feira (28) que é a favor da Proposta de Emenda à Constituição 10/2013, que acaba com a prerrogativa de autoridades serem julgadas em foro especial, em caso de crimes comuns.

A PEC será votada na quarta-feira (30) pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Caso seja aprovada, seguirá para a o plenário e depois para a Câmara dos Deputados. “Sou a favor do fim do foro privilegiado. Eu não vejo necessidade do foro. Nós deputados somos cidadãos como os outros. Temos que ter o mesmo tratamento”, afirmou Rômulo, em entrevista, em Campina Grande, onde participou da solenidade de entrega do acelerador linear ao Hospital da FAP ao lado do ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Sem anistia

Rômulo também se posicionou contra a proposta de anistiar o caixa dois, discutida na Câmara dos Deputados, que representaria também a anistia à corrupção e à lavagem de dinheiro. “Se existe esta tentativa, ela foi na surdina porque não chegou na maioria. Eu sou contrário a este tipo de anistia a exemplo da maioria do PSD”, frisou Gouveia.

Acelerador

O deputado destacou que o acelerador, que é utilizado no tratamento de vários tipos de câncer,
possibilitará dobrar o número de atendimentos por mês em 187 municípios da região. Além de destacar a importância do equipamento para assistência a saúde na região de Campina Grande, Gouveia agradeceu ao ministro por ter acatado os pedidos de parlamentares para a instalação do acelerador.

O Ministério da Saúde constatou que a região Nordeste é a que possui o maior déficit de equipamentos no Brasil. “O ministro tem demonstrado grande sensibilidade aos pleitos da Paraíba, por isso, agradecemos a atenção dele com o nosso estado”, disse Rômulo.