Política

Servidores de Santa Rita ocupam prefeitura para protestar contra salários atrasados

Com 'apitaço', eles cobram o pagamento de salários atrasados.



Com faixas, cartazes e apitos, servidores do município de Santa Rita ocuparam nesta segunda-feira (28) as dependências da prefeitura. Eles cobram o pagamento dos salários atrasados. Algumas categorias, como a educação, estariam sem receber há quatro meses. Neste domingo (27), o prefeito Netinho (PR) divulgou nota se comprometendo a deixar as portas abertas do seu gabinete para receber os manifestantes, mas até às 12h de hoje o funcionários ainda não haviam sido recebidos.

“Ao reconhecer o direito ao livre manifesto da população, assim como das classes servidoras municipais, assegurando-lhes a cidadania no seu ato, o governo do município vem informar a todos a quem interesse que a partir desta segunda-feira, o gabinete do prefeito estará aberto aos ocupantes manifestantes, ficando suas dependências à disposição daqueles que pretendem passar os próximos dias no Paço Municipal em prol da sua causa, evitando que fiquem ao relento, expostos a quaisquer perigos, assim como garante que não há qualquer intuito de retaliar ou causar qualquer percalço às garantias sociais e ao direito à liberdade de ir e vir de cada um”, diz a nota.

Netinho, na nota, afirma que compreende as razões pelas quais a manifestação se dá, visto que tem trabalhado para sanar os problemas da cidade, principalmente, a questão salarial. “O Governo Municipal sempre estará à disposição de todos indistintamente, sempre pronto para o diálogo e aberto ao debate de ideias, respeitando os direitos de cada um, principalmente o de livre expressão e manifestação”, conclui.

A reportagem do JORNAL DA PARAÍBA entrou em contato com o prefeito Netinho e o secretário de comunicação Marcelo Moura, mas eles não retornaram.

Atualizada às 12h.