Política

Ministro da Cultura Marcelo Calero pede demissão da pasta

Deputado Roberto Freire vai assumir o cargo, segundo Palácio do Planalto.



Lúcio Bernardo Jr./Câmara dos Deputados
Lúcio Bernardo Jr./Câmara dos Deputados
Calero entregou a carta de demissão diretamente para o presidente Michel Temer

O ministro da Cultura Marcelo Calero pediu demissão na tarde desta sexta-feira (18). O pedido, conforme a assessoria de comunicação da pasta, aconteceu por uma incompatibilidade dentro do governo. A Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República anunciou que o deputado Roberto Freire (PPS-SP) vai assumir a pasta.

Calero entregou a carta de demissão diretamente para o presidente Michel Temer na última quinta. Temer havia pedido, ainda, que ele refletisse mais sobre o assunto.

Sobre Roberto Freire

Presidente nacional do PPS, Freire foi convidado pelo presidente Michel Temer para assumir o cargo nesta sexta-feira (18). Roberto João Pereira Freire foi senador entre 1995 e 2002, quando voltou a assumir novamente uma cadeira na Câmara.

Ele foi deputado por vários mandatos consecutivos, cinco ao todo, e já passou pelo MDB, PMDB e PCB antes de se filiar ao PPS, em 1992.