Política

Mulher de Cunha diz a Moro que 'desconhecia' conta em seu nome no exterior

Ela disse que nunca "desconfiou" de Eduardo Cunha.



Arquivo
Arquivo
Jornalista foi visitar o marido preso na Superintendência da Polícia Federal após o depoimento

Em depoimento ao juiz federal Sergio Moro, Cláudia Cruz, mulher do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirmou que "desconhecia a existência de conta no exterior em seu nome". A jornalista é em ação penal que apura recursos mantidos por ela em conta no exterior não declarada, por movimentar mais de US$ 1 milhão no exterior, valor supostamente oriundo de propinas recebidos pelo marido.

Ela disse que nunca "desconfiou" de Eduardo Cunha. "Quando casei com ele transferi a ele a administração financeira da minha vida. Nunca tive motivos para desconfiar dele", declarou na audiência.

Cláudia declarou que "apenas usava o cartão de crédito internacional para despesas pessoais e pagamento da educação de filhos". Segundo ela, "a fatura era paga por Eduardo Cunha".

Após deixar o prédio da Justiça Federal, em Curitiba, ela foi visitar o marido na Superintendência da Polícia Federal, onde ele está preso desde 19 de outubro.