Política

Marmuthe espera Cartaxo para definir seu futuro político

Vereador em arranjo para voltar à CMJP ou ser aproveitado na gestão. 



 Eleito apenas segundo suplente, o vereador Marmuthe Cavalcanti (PSD) tem se articulado para definir seu futuro até o fim de dezembro, quando acaba o mandato na Câmara Municipal de João Pessoa. O parlamentar revelou nesta quarta-feira (09) que ainda nutre esperanças de ser aproveitado pelo prefeito reeleito Luciano Cartaxo (PSD), em algum cargo da sua futura gestão, ou que o gestor reconduza vereadores eleitos da coligação da qual faz parte com o propósito de garantir a sua permanência na Casa por mais um tempo.

Com cinco vereadores eleitos, Cartaxo teria que levar pelo menos dois para contemplar o correligionário. Na conta de 'ponta de lápis' de Marmuthe Cavalcanti estão os vereadores Pedro Coutinho, que passou todo o mandato à frente do Instituto de Previdência do Município (IPM), e deve retornar aos quadros da prefeitura de João Pessoa a partir de janeiro, além de Marcus Vinícius, que foi secretário de comunicação do município e poderia retornar à pasta, caso não emplaque a presidência da Casa. 

O afastamento dos dois vereadores governistas abrira vaga também para contemplar o vereador Professor Gabriel (PSD), eleito para a primeira suplência, com um diferente de pouco mais de 10 votos acima de Marmuthe Cavacalcanti. Além de Pedro Coutinho e Marcus Vinícius, foram eleitos da coligação Eliza Virgínia (PSDB), Luís Flávio (PSDB) e Raíssa Lacerda. 

Em seu favor, Marmuthe Cavalcanti conta com o histórico de aproveitamento de parlamentares praticado por Cartaxo em sua gestão. “O prefeito foi o que mais apreciou vereadores. Tanto que na legislatura que estamos chegaram a assumir cinco vereadores (Dinho, Eduardo Carneiro, Mangueira, Edson Cruz e João Corujinha). Ele tem esse olhar especial para os aliados. Seja voltando para a Câmara ou fazendo parte da gestão eu tenho certeza e plena convição que o prefeito vai prezar pela qualidade, por aqueles que podem continuar e nosso nome está à disposição, afinal de contas sou partidário”, comentou Marmuthe.

Sobre a reforma administrativa para seu segundo governo, o prefeito Luciano Cartaxo disse nesta segunda-feira que tem conversado com os partidos aliados e que deve apresentar sua nova equipe até dezembro.