Política

Número de prefeitas eleitas em 2016 cai em relação às eleições anteriores

Mulheres são maioria nas câmaras de vereadores em apenas 24 dos 5.568 municípios.   



O número de prefeitas eleitas caiu de 659 em 2012 para 641 em 2016, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em primeiro de janeiro de 2017, 11,84% dos gestores que assumirão o comando dos municípios brasileiros serão mulheres.

Por outro lado, o TSE também aponta que, no total das capitais, o número de vereadoras eleitas aumentou de 103, em 2012, para 107 em 2016, enquanto o número de homens caiu de 708 para 704. No entanto, em 13 capitais esse número caiu.

Candidatas

Nas eleições de 2016, o percentual de mulheres que disputaram cargos eletivos ultrapassou 30%. De acordo com o tribunal, a primeira vez que isso ocorreu foi nas eleições municipais de 2012, quando partidos políticos e coligações atingiram o percentual de 32,57% de candidatas.

Segundo o TSE, do total de candidatos a prefeitos e vereadores na eleição de 2016,155.587 (31,60%) eram mulheres e 336.819 (68,40%), homens. Na disputa para os cargos de vereador em todo o país, a proporção foi um pouco maior: 32,79% candidatas. Na disputa majoritária, para prefeito, 12,57% dos candidatos eram do sexo feminino.

Na contagem geral, dos 5.568 municípios brasileiros, 2.963 têm maioria feminina no eleitorado. No entanto, em apenas 24 municípios as mulheres são maioria nas câmaras dos vereadores. Do total, 1.286 municípios brasileiros só tem homens na câmara dos vereadores.