Política

Supremo abre investigação contra deputado federal Zeca Dirceu

O parlamentar é filho do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu.  



Thyago Marcel/ Câmara dos Deputados
Thyago Marcel/ Câmara dos Deputados
O inquérito que investiga Zeca Dirceu está sob segredo de Justiça

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu abrir inquérito para investigar o suposto envolvimento do deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) no âmbito da Operação Lava Jato.

O pedido de investigação foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR). O parlamentar é filho do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu.

O inquérito cita o crime de lavagem de dinheiro, mas os detalhes não foram divulgados porque o processo está sob segredo de Justiça.

Em nota, a defesa de Zeca Dirceu afirmou que o deputado nunca participou de tratativas em diretorias da Petrobras ou em empresas investigadas na Lava Jato. Os advogados também disseram que todas as doações recebidas na campanha do parlamentar foram declaradas e aprovadas pela Justiça Eleitoral.

“Não existe um único fato sequer que justifique este pedido de investigação, que por mais que o deputado não tenha nada a temer, reforça que acredita no Supremo Tribunal Federal e no arquivamento do pedido investigação”, disseram os advogados.