Política

TCE-PB imputa débito de R$ 940 mil a ex-prefeito de Aroeiras

Gilberto Bezerra não comprovou repasses da prefeitura à Fundação Médico-Hospital.



Divulgação/Aroeirashoje
Divulgação/Aroeirashoje
TCE comprovou irregularidades na gestão de Gilberto Bezerra entre 1997 a 2004

Durante exame de processos relacionados a Inspeções Especiais feitas pela Auditoria da Corte, a 1ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba decidiu, à unanimidade, imputar débito de R$ 940 mil ( valor corrigido resultante da quantia original de R$ 529 mil) ao ex-prefeito de Aroeiras, Gilberto Bezerra de Souza.

A punição é por conta de gastos não comprovados em repasses de recursos do município à Fundação Médico-Hospital durante sete anos – 1997 a 2004. A assessoria jurídica do ex-prefeito vai recorrer da decisão.

A 1ª Câmara funcionou, sob a presidência do conselheiro Fábio Nogueira, para julgamento de uma pauta de 118 processos em sua 2672ª sessão ordinária. Estiveram presentes os conselheiros Fernando Catão e Marcos Costa, e os conselheiros substitutos Antônio Gomes Vieira Filho e Renato Sérgio Santiago Melo. Pelo Ministério Público de Contas, atuou o subprocurador geral Manoel Antônio dos Santos Neto.