Política

PTB desiste de cassar mandato de Milanez Neto por infidelidade

Candidato terá autonomia para ficar na bancada de sustenção a Cartaxo. 



O deputado Wilson Filho (PTB), presidente do PTB de João Pessoa, garantiu nesta terça-feira (25) que a executiva municipal do partido desistiu de protocolar uma ação contra o vereador eleito Fernando Milanez Neto (PTB) por infidelidade partidária. Milanez Neto não seguiu a orientação da legenda, que teve Wilson Filho como candidato a vice-prefeito na chapa da candidata Cida Ramos (PSB) e apoiou a a reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

Os candidatos a vereador da capital pelo PTB haviam marcado uma reunião para o próximo fim de semana, mas, segundo o presidente do partido, para cobrar uma definição do partido para o caso. O primeiro suplente, Marcos Bandeira, que obteve 2.619 votos, já havia admitido recorrer à Justiça para cobrar o mandato. O encontro, entretanto, já foi desmarcado. 

Wilson Filho afirmou que a decisão foi tomada na noite desta segunda-feira (23), após uma reunião com os candidatos a vereador pelo partido que pleiteavam o afastamento do vereador eleito para abrir a possibilidade de chegarem à Câmara Municipal de João Pessoa. “Os membros já se reuniram e chegaram a um acordo, uma trégua, uma tranquilidade e a partir dessa tranquilidade a reunião foi desmarcada”, reiterou. 

Milanez Neto, que é filho do vereador licenciado e atual secretário de Turismo da Prefeitura, Fernando Milanez, vai ter liberdade para ficar na bancada de sustentação do prefeito Luciano Cartaxo na Câmara Municipal, sem o perigo de ter o mandato cassado por infidelidade partidária.