Política

Cartaxo critica antecipação da disputa pela Mesa da CMJP

Prefeito quer agir como "facilitador no processo", no momento certo. 



 O prefeito reeleito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), criticou nesta segunda-feira (24) a tentativa de antecipação da eleição da Mesa Diretora da Mesa da Câmara Municipal de João Pessoa, que só ocorre em janeiro do próximo ano. “Não dá para parar os trabalhados para discutir eleição”, questionou o gestor. Apesar da queixa, Cartaxo voltou a afirmar que pretende reunir a bancada para fechar um consenso, sem comprometendo a ser um facilitador no processo de escolha do novo presidente da Casa para o biênio 2017/2018.  

O consenso que Cartaxo tem que administrar é quanto ao interesse do atual presidente Durval Ferreira (PP), que pretende se manter na cadeira por pelo menos mais dois anos, e o ex-secretário de comunicação e vereador, Marcus Vinícius (PSDB), que tem colocado seu nome como opção de renovação da Mesa Diretoria da Casa. 

Durval Ferreira, inclusive, chegou a afirmar que haveria um acordo com Cartaxo que assegurava a sua eleição para o primeiro biênio, deixando o segundo para outro candidato da base, o que foi negado pelos auxiliares do prefeito. A tese de Durval também não agradou Marcus Vinícius, que a perpetuação do vereador do PP na presidência, onde se mantém há dez anos

Cartaxo disse que apesar dos dois nomes serão ótimas opções para a disputar a Mesa Diretora, o maior importante é fechar um consenso para que seja mantida a união da bancada governista da Casa.  “É preciso ouvir a bancada, conversar com todo mundo, ouvir a opinião dos vereadores para que a gente possa chegar a um acordo”, pontuou.