Política

Derrotado na eleição, prefeito demite comissionados e secretariado

Gestor de Brejo dos Santos promete entregar finanças em ordem ao sucessor.   



Divulgação/Clinton Medeiros
Divulgação/Clinton Medeiros
Luiz Neto quer enxugar folha para entregar ao sucessor finanças equilibradas

Derrotado nas eleições de 2 de outubro para Lauri Ferreira (PSDB), o atual prefeito municipal de Brejo dos Santos, no Sertão, Luiz Vieira (PT do B), baixou um decreto, exonerando todos os funcionários em cargos comissionados na Prefeitura e parte de seu secretariado e diretores. Os secretários atingidos pelo corte são o da Agricultura e da Administração.

Ao todo, foram demitidos 22 comissionados, no universo de 26. A prefeitura ainda tem em sua folha de pessoal 29 contratados por excepcional interesse público e 250 servidores efetivos. Até setembro, a folha totalizava R$ 497 mil.

O prefeito Luiz Vieira informou, por meio da assessoria que as demissões integram um pacote de medidas para redução de gastos públicos. Segundo o gestor, “o objetivo é promover o equilíbrio das contas públicas tendo em vista a grande crise na economia do país, a qual também trouxe uma acentuada queda nas receitas das prefeituras como também entregar ao sucessor as finanças em ordem para não atrapalhar o andamento da gestão pública e a descontinuidade dos serviços essenciais”.