Política

Campinenses 'dominam' cenário político estadual e nacional

Maioria dos parlamentares são exportados do município, que faz hoje 152 anos.   



Em seus 152 anos, Campina Grande só tem motivos para se orgulhar, também, por ter exportado lideranças políticas de projeção nacional e estadual. Na bancada federal da Paraíba no Congresso Nacional, pelo menos oito dos 15 parlamentares têm bases na cidade aniversariante desta terça-feira (11). Na Assembleia Legislativa da Paraíba, a ocupação de parlamentares nascidos ou com formação política no município é ainda maior. Dos 36 deputados que transitam no legislativo estadual, oito são de Campina Grande. Fora isso, a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) também é campinense.

Além do deputado federal mais bem votado em 2014, Pedro Cunha Lima (PSDB), proveniente da tradicional família Cunha Lima, compõem a bancada campinense que representa a Paraíba na Câmara Federal os deputados Rômulo Gouveia (PSD), Aguinaldo Ribeiro (PP), Damião Feliciano (PDT), Wellington Roberto (PR), além do licenciado Veneziano (PDMB). No Senado, Campina Grande conta a representatividade de Raimundo Lira (PMDB) e do senador licenciado Cássio Cunha Lima (PSDB).

Na Assembleia Legislativa, campinenses natos ocupam espaços importantes, como o presidente Adriano Galdino (PSB), que, inclusive, disputou nas últimas eleições para o cargo de prefeito de campina Grande, e o seu seu candidato a vice, suplente Inácio Falcão (PTdoB), perdendo para o prefeito Romero Rodrigues (PSDB). 

A bancada campinense no legislativo estadual é composta ainda pelos deputados Caio Roberto (PR), Guilherme Almeida (PSC) e Daniella Ribeiro (PP), além dos novatos Bruno Cunha Lima (PSDB) e Tovar Correia Lima (PSDB). Este último, apesar de natural de João Pessoa fez carreira política em Campina Grande. Também com menos referência com o município, há ainda o deputado Doda de Tião (PTB), que embora tenha base eleitoral em Queimadas, é natural do município.