Política

Adriano refuta boato sobre ação para anular eleição de Gervásio Filho

Galdino deixa presidência em janeiro e diz focar reeleição.  



Divulgação
Divulgação
Adriano Galdino diz que eleição de Gervásio Filho para próximo biênio é legal

 

O presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), refutou nesta segunda-feira (10) os boatos de que esteja preparando a documentação para enviar ao Poder Judiciário, pedindo a anulação da eleição antecipada de Gervásio Filho (PSB) para a chefia do Poder Legislativo, biênio (fevereiro de 2017 a janeiro de 2018).

 

“Estes boatos não têm o menor sentido. A eleição foi legal e será respeitada. Meu foco é concluir em janeiro o mandato de presidente da Assembleia Legislativa, continuar meu trabalho de deputado e focar minha reeleição, pois elegemos 14 prefeitos aliados”, adiantou Galdino.

Embora tenha perdido as eleições para prefeito de Campina Grande, Adriano revelou que elegeu aliados para administrar os municípios de Olivedos, Esperança, São Sebastião de Lagoa de Roça, Areial, Itatuba, Itabaiana, Cabaceiras, Caraúbas, São João do Tigre, São Sebastião de Umbuzeiro, Coxixola, Parari, Taperoá e São José dos Cordeiros. “Além disso, teremos o apoio de lideranças políticas de 15 municípios que ficaram na oposição”, frisou o presidente da ALPB.