Política

MPF denuncia Lula por suposto esquema de obras em Angola

Também foram denunciados o empresário Marcelo Odebrecht e mais nove pessoas.



Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Denúncia ainda pede a condenação do ex-presidente por lavagem de dinheiro, crime que, segundo os investigadores, foi cometido 44 vezes

O Ministério Público Federal apresentou à Justiça nesta segunda-feira (10) nova denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Também foram denunciados o empresário Marcelo Odebrecht e outras nove pessoas.

Segundo o MPF, Lula atuou junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) "e outros órgãos de Brasília", para favorecer a Odebrecht em empréstimos para obras de engenharia realizadas em Angola. Em retribuição, ainda de acordo com as investigações, a empreiteira teria pago aos envolvidos valores que, atualizados, chegam a R$ 30 milhões.

A denúncia destaca que Lula participou em duas fases. Na primeira, entre 2008 e 2010, quando ainda era presidente, os investigadores entendem que Lula praticou corrupção passiva.Na segunda, entre 2011 e 2015, já sem mandato, Lula teria cometido tráfico de influência.

A denúncia ainda pede a condenação do ex-presidente por lavagem de dinheiro, crime que, segundo os investigadores, foi cometido 44 vezes.