Política

Romero é reeleito prefeito de Campina Grande com 62,8% dos votos

 Após 16 anos, um prefeito da Rainha da Borborema é eleito no primeiro turno. 



Divulgação
Divulgação
Romero Rodrigues, do PSDB, foi reeleito em Campina Grande com quase 139 mil votos

O prefeito Romero Rodrigues (PSDB), foi reeleito neste domingo (2) com 62,85% dos votos, juntamente com o vice Enivaldo Ribeiro (PP). “Eu agradeço a Deus e ao povo de Campina Grande por esta votação histórica. Com a vitória, reafirmo o compromisso de trabalhar ainda mais pelos próximos quatro anos”, disse Romero, em seu apartamento após a concretização da vitória.

Romero obteve 138.996 sufrágios (62,85%. Na segunda colocação, ficou Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) com 53.837 votos (24,34%), enquanto Artur Bolinha (PPS) recebeu 15.539 sufrágios (7,03%). Depois, vem Adriano Galdino (PSB) com 9.897 (4,47%) sufrágios e David Lobão (PSOL) com 2.902 (1,31%) Os votos de Walter Brito Neto (PEN) não foram divulgados, uma vez que seu registro foi indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB). Ele recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral.

O último prefeito eleito, no primeiro turno, em Campina Grande, foi em 2000 com a chapa encabeçada por Cássio Cunha Lima e Cozete Barbosa como vice. Nos pleitos de 2004, 2008 e 2012, as eleições foram decididas no segundo turno.

Trajetória de Romero

Romero Rodrigues graduou-se em agronomia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), no campus de Areia. Como engenheiro agrônomo atuou na Secretaria de Agricultura do Município de Campina Grande. Posteriormente iniciou sua carreira política quando candidatou-se e elegeu-se vereador em 1992 e foi sendo sucessivamente reeleito. Foi eleito o "Vereador do Ano" em diversas oportunidades e presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, por três vezes. Assumiu a Prefeitura Municipal de Campina Grande em diversas oportunidades, como presidente do Poder Legislativo municipal.

Em 2006 foi eleito deputado estadual da Paraíba, obtendo 38.014 votos, sendo o mais votado em Campina Grande. Depois, foi Secretário de Interiorização do Estado (2007-2008) e, depois, secretário-chefe da Casa Civil do Governo da Paraíba (2008-2009), na gestão do então governador Cássio Cunha Lima.

Em 2010, foi eleito deputado federal pela Paraíba com 95.202 votos. Nas eleições municipais em 2012 disputou pela primeira vez uma eleição majoritária, candidatando-se a prefeito de Campina Grande. Obteve o primeiro lugar no primeiro turno com 97.659 votos (44,94% dos votos válidos). Disputou o segundo turno contra a candidata do PMDB, Tatiana Medeiros, segunda colocada, que havia recebido 65.195 votos (30,00% dos votos válidos).Venceu o segundo turno e foi eleito com 130.106 votos (59,14% dos votos válidos).