Política

Mais de 80 pessoas são detidas por crime eleitoral na Paraíba

Prisões foram por Boca de urna e transporte irregular de eleitores.



Oitenta e quatro pessoas foram detidas na Paraíba neste domingo (2) por crime eleitoral. Elas estavam fazendo propaganda eleitoral irregular, aliciamento de eleitores ( boca de urna), compra ou venda de votos e transporte irregular de eleitores. Desse total, 50 foram detidas pela Polícia Militar  (PM), 22 pela Polícia Civil e 12 pela Polícia Federal (PF). 

De acordo com a assessoria do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), quatro das pessoas detidas pela Polícia Civil são candidatos.

Já entre os detidos pela PF, três pessoas foram presas com quantia dinheiro e santinhos de candidatos - o que pode ser um indício de compra de voto. As prisões foram em João Pessoa, Araçagi e São José da Lagoa Tapada.

Outras seis pessoas, incluindo três candidatos a vereador, foram presas fazendo boca de urna.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, três foram presas fazendo transporte de eleitores. Dentre elas estava um candidato a vereador.