Política

Mesa Diretora do TJPB é empossada e presidente promete gestão compartilhada

Desembargadores Márcio Murilo, Arnóbio Alves e Romero Marceloa foram empossados, no final da tarde desta sexta-feira (1º).




Desembargador Márcio Murilo (C) tomou posse na presidência do TJPB em solenidade no anfiteatro do TCE  (Foto: Zuíla David/TV Cabo Branco)

Os desembargadores Márcio Murilo da Cunha Ramos, Arnóbio Alves Teodósio e Romero Marcelo da Fonseca Oliveira foram empossados, no final da tarde desta sexta-feira (1º), respectivamente, nos cargos de presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, vice-presidente e corregedor-geral de Justiça, para o biênio 2019/2020. A posse da nova Mesa Diretora do TJPB ocorreu, no anfiteatro do Centro Cultural Ariano Suassuna, no Tribunal de Contas do Estado (TCE), em João Pessoa. O cargo foi transmitido pelo ex-presidente desembargador Joás de Brito Pereira Filho.

Além disso, na solenidade também foram empossados os desembargadores Marcos Cavalcanti de Albuquerque, como diretor da Escola Superior da Magistratura (Esma), e José Aurélio da Cruz, como Ouvidor de Justiça.

A nova composição foi saudada por discursos de representantes do Judiciário estadual, da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba, e do Ministério Público da Paraíba. O governador João Azevedo e o procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico da Nóbrega, participaram da solenidade.

Gestão compartilhada

O novo presidente do TJPB, desembargador Márcio Murilo, afirmou que deseja que haja uma administração compartilhada e unida, ao tempo que conclama que os servidores e magistrados colaborem para um Judiciário melhor em prol dos jurisdicionados.

O magistrado reafirmou que vai realizar uma reforma na estrutura de pessoal do TJPB, a partir da extinção de diretorias, gerências e assessorias. O objetivo é reduzir despesas, para cumprir recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no que diz respeito à priorização do 1º Grau de Jurisdição (Resolução nº 219/2016 do CNJ). As mudanças, que incluem o Gabinete da Presidência, possibilitarão uma economia anual de R$ 7 milhões aos cofres do Poder Judiciário estadual.

Missa em ação de graças

Missa em ação de graças marcou o início da programação de posse da nova Mesa Diretora do TJPB

Uma missa em ação de graças celebrada, na manhã desta sexta-feira (1º), marcou o início da programação de posse da nova Mesa Diretora do TJPB. Além do desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, participaram do ato religioso os demais membros da nova gestão, desembargadores Arnóbio Alves Teodósio, eleito vice-presidente, e Romero Marcelo da Fonseca Oliveira, que assumirá o cargo de corregedor-geral de Justiça.

A cerimônia religiosa foi celebrada pelo arcebispo do Estado, Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz, e teve como concelebrantes o monsenhor Aloísio Catão e o padre Sérgio José de Souza Santos. Durante o ato, o desembargador aposentado Júlio Aurélio Moreira Coutinho participou da Liturgia da Palavra, fazendo a 1ª Leitura, do 1º Livro dos Reis. O desembargador Romero Marcelo fez a 2ª Leitura, e a irmã Maria do Céu fez a leitura do Salmo Responsorial 22.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.