Política

Marcus Odilon diz que usa experiência para governar Santa Rita

Prefeito de Santa Rita, Marcus Odilon (PMDB), foi o entrevistado desta quinta-feira (30) do projeto “E agora, prefeito?”.




Phelipe Caldas

O prefeito de Santa Rita, Marcus Odilon (PMDB), foi o entrevistado desta quinta-feira (30) do projeto “E agora, prefeito?”, que tem como objetivo fazer uma análise dos 100 primeiros dias de gestão nas principais cidades do Estado. Ele enfatizou a experiência política de quem já foi prefeito em seis gestões (duas em Juarez Távora e quatro em Santa Rita) e disse que trabalha pelo bem comum do povo santarritense.

Odilon negou inicialmente que a cidade sofra com problemas de segurança pública e disse que a criminalidade em Santa Rita é muito menor do que no resto do país. “Violência existe no Guliver, bar elegante de João Pessoa que vão apenas os catedráticos da Paraíba”, disparou, numa referência a tentativa de assassinato que o então governador Ronaldo Cunha Lima fez contra o ex-governador Tarcísio Burity.

Sobre a questão de turismo, ele disse que deve investir no turismo regional, já que a crise mundial evita que os visitantes de fora viajem para o Brasil.

Ele falou também das áreas de educação e de cultura e disse que infelizmente a cidade não tem dinheiro para trabalhar com mais ênfase o ensino superior, mas disse que cedia um terreno para que instituições públicas se instalassem por lá. O prefeito prometeu ainda trabalhar na publicação de livros de autores locais e lembrou que já construiu algumas escolas e que agora está construíndo um teatro para atender a população da cidade.

Já sobre a integração do transporte público intermunicipal, que passará a funcionar a partir desta sexta-feira (1º) em todos os seis municípios da grande João Pessoa, ele destacou que o projeto atenderá basicamente as pessoas que moram em uma das cidades e trabalha em outro.

Questionado sobre os riscos do rio Paraíba (que cruza a cidade) transbordar e invadir Santa Rita, e o que ele poderia fazer para sanar esta questão, Marcus Odilon foi enfático ao dizer que este risco a cidade não sofre. “O rio Paraíba está domado”, garantiu.

Sobre a questão de moradia ele disse que, como prefeito, criou seis distritos em Santa Rita e loteou muito desta área para doar ao povo pobre, para que assim eles possam conquistar o sonho da casa própria. “É um feito que poucos prefeitos fizeram na história”, destacou.

Em muitas oportunidades Marcus Odilon criticou seus adversários políticos, dizendo que eles sempre criticavam suas ações e seus projetos, mas da mesma forma quebravam a cara. “Reclamaram porque eu queria cria o distrito de Lerolândia, mas hoje aquele é um local desenvolvido”, completou.

Por fim, ele agradeceu à iniciativa da Rede Paraíba, e aproveitou para convidar o povo de Santa Rita e das cidades adjacentes para a Festa do Trabalhador, que realizará na cidade e marcará a inauguração do Terminal Rodoviário Maria Helena Cruz.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.