Política

Lucélio Cartaxo é confirmado como pré-candidato ao governo durante evento do PV

Ex-superintendente da CBTU ‘substitui’ o irmão gêmeo Luciano Cartaxo na disputa pelo Executivo estadual.




Evento do PV foi acompanhado por integrantes de várias siglas aliadas (Foto: Aluska Lacerda/Divulgação)

Lucélio Cartaxo foi confirmado, na manhã deste sábado (21), como pré-candidato ao governo da Paraíba pelo Partido Verde (PV). O anúncio aconteceu durante o evento de posse da nova diretoria estadual da sigla, que passa a ser presidida pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, que é irmão gêmeo de Lucélio.

Ex-superintendente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e ex-presidente da Companhia Docas da Paraíba, Lucélio entra na disputa em uma espécie de substituição ao irmão. Luciano era pré-candidato, mas desistiu alegando falta de unidade entre as oposições. Depois disso, os dois deixaram o PSD e migraram para o PV, juntamente com pessoas do grupo político mais próximo a eles.

“Temos uma pré-candidatura neste momento, tive a satisfação de receber apoio de partidos importantes. Estamos construindo com muito diálogo, acima de tudo, para que possamos no momento certo apresentar à Paraíba um programa de governo que reflita os interesses do povo paraibano”, disse Lucélio Cartaxo

Caso mantenha de fato a candidatura, esta vai ser a segunda eleição disputada por Lucélio. A primeira foi a de 2014, quando ele concorreu ao Senado e obteve mais de 500 mil votos, mas não foi eleito. Na época ele ainda era filiado ao PT.

O evento do PV foi acompanhado por aliados e várias lideranças políticas, entre elas, o senador Cássio Cunha Lima, do PSDB, que deve ser um dos companheiros de chapa de Lucélio, tentando a reeleição. Outro possível integrante da composição, o senador Raimundo Lira (PSD), foi outro que esteve no encontro. O presidente nacional do PV, José Luiz Penna, e o ex-candidato a presidente da República Eduardo Jorge também acompanharam a posse  da nova diretoria da sigla na Paraíba.

Senador Cássio Cunha Lima discursou durante o evento do PV (Foto: Aluska Lacerda/Divulgação)

“Acredito que a pré-candidatura do PV tem condições de agregar os partidos que militam no campo das oposições”, afirmou o vereador Lucas de Brito. O parlamentar é um dos que migraram para a sigla após o ingresso da família Cartaxo.

Com a entrada de Lucélio, sobe para quatro o número de pré-candidatos ao governo. O senador José Maranhão (MDB), o ex-secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia do Estado, João Azevedo (PSB), e o presidente estadual do PSOL, Tárcio Teixeira, já anunciaram que vão entrar na disputa.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.