Política

João Azevêdo representa governadores na abertura da cúpula do Brics

Gestor destacou a importância da união entre os países do bloco.




Governador também discutiu parcerias com empresários chineses (Foto: Divulgação/Secom-PB)

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), discursou representando os governadores do Brasil, durante a abertura da XI Cúpula do Brics, realizada na terça-feira (12), em Brasília. Em sua fala, o gestor paraibano ressaltou a importância da união dos países que integram o Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) no combate às desigualdades sociais e na cooperação técnica para assegurar o desenvolvimento econômico.

“É importante que saiamos daqui com a consciência tranquila de que estamos buscando fazer o melhor para o nosso povo dentro de cada país. Eu não tenho dúvida nenhuma de que a manutenção, a continuidade e a possibilidade de atuação do escritório do banco do Brics no Brasil permitirão que os Estados possam acessar financiamentos para termos uma sociedade cada vez mais justa”, pontuou João Azevêdo.

O evento cujo tema é ‘Brics: crescimento econômico para um futuro inovador’, é voltado para um grupo de países que representa cerca de 42% da população, 23% do Produto Interno Bruto (PIB), 30% do território e 18% do comércio mundial. Até a próxima quinta-feira (14), o encontro irá reunir líderes, empresários e autoridades internacionais na Capital federal.

Dentre as ações do Brics no Brasil previstas para este ano está a abertura do escritório regional do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), conhecido como “Banco do Brics”, que ficará sediado em São Paulo. A iniciativa tem a finalidade de financiar projetos de infraestrutura e desenvolvimento sustentável nos países-membros, beneficiando diretamente os Estados do Brasil.

Reunião com chineses

Também em Brasília, o governador João Azevêdo teve uma reunião com representantes da China Communications Construction Company Ltd. (CCCC), empresa multinacional de engenharia envolvida em projetos de construção e operação de ativos de infraestrutura. Na ocasião, o governador apresentou ao grupo chinês os projetos para implantação do estaleiro para reparos navais no município de Lucena e do Polo Turístico Cabo Branco e destacou as ações do Governo para manter a solidez fiscal e investimentos na Paraíba.

O chefe do Executivo estadual afirmou que novas reuniões serão realizadas com os dirigentes da CCCC com o objetivo de avançar nas discussões sobre o estaleiro de Lucena e possíveis parcerias público-privadas (PPPs). “Essa foi uma oportunidade de apresentarmos nossos potenciais para uma empresa do porte da CCCC, que tem representação no Brasil, e de saber que eles acompanham todo o esforço do Governo da Paraíba para manter a nossa solidez fiscal. Novos encontros ficaram definidos para discutir PPPs para a construção da ponte que liga Cabedelo a Santa Rita e investimentos em saneamento e geração de energia”, explicou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.