Política

Interessados no leilão dos aeroportos de João Pessoa e Campina Grande devem apresentar proposta na terça

Leilão da concessão acontece na próxima sexta-feira(15). No total, são 12 terminais em três regiões.




Aeroportos que vão a leilão recebem, juntos, eles 19,6 milhões de passageiros por ano (Foto: Arquivo)

O leilão da concessão de 12 aeroportos, entre eles o Castro Pinto, na Grande João Pessoa, e o João Suassuna, em Campina Grande, está marcado para a sexta-feira (15) na Bolsa de Valores de São Paulo. As empresas e consórcios interessadas devem apresentar na terça-feira (12) as propostas em duas vias, em envelopes lacrados, que deverão conter também as garantias e os documentos.

Vão ser concedidos à iniciativa privada 12 terminais de 8 estados, nas regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste. Além dos dois paraibanos, vão ser leiloados os terminais Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e Alta Floresta, em Mato Grosso; de Recife, Maceió, Juazeiro do Norte, Aracaju e ainda os de Macaé e Vitória. Juntos, eles recebem 19,6 milhões de passageiros por ano, o que equivale a 9,5% do mercado nacional de aviação. O investimento previsto para os três blocos é de R$ 3,5 bilhões.

As regras para a concessão foram estabelecidas ainda durante o governo do presidente Michel Temer (MDB), em 2018. Quando assumiu o ministério da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse que daria continuidade ao processo.

O valor mínimo de outorga, para arrematar os 12 terminais, será de R$ 219 milhões, à vista. Ao longo da concessão o valor total da outorga é de R$ 2,1 bilhões. O prazo de concessão será de 30 anos.

Para o presidente, Jair Bolsonaro (PSL), os leilões vão garantir “qualidade no serviço específico, empregabilidade e economia”.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.