Política

Ideologia de gênero é motivo de bate-boca entre vereadores na CMJP

Carlão da Consolação e Sandra Marrocos divergiram durante sessão. 




Ligado a movimentos da Igreja Católica, o vereador Carlão da Consolação (PSDC) se exasperou no plenário da Câmara Municipal de João Pessoa nesta quarta-feira (18) contra a ideologia de gênero para as crianças nas escolas da rede pública e privada. Para ele, impor este discurso às crianças pode prejudicá-las no futuro.

O parlamentar destacou a fala do arcebispo da Paraíba, Dom Delson, durante o Luau das Tribos, na sexta-feira (13). "Dom Delson disse que estejamos atentos a isso. Ele não condenou as pessoas, sua ação subjetiva, de se por uma questão hormonal ou social você se identifica com outro gênero seja feliz com a sua escolha. O que não podemos aceitar é que a própria educação se utilize da ideologia de gênero para trazer dúvidas às crianças”, comentou. 

>>> Dom Delson critica nudez em museu e ideologia de gênero: ‘quer acabar com a família’

A opinião do parlamentar irritou a vereadora a Sandra Marrocos (PSB), que milita nos movimentos sociais defendendo pautas como ideologia de gênero e de liberdade sexual. A socialista defendeu que seja oferecida uma educação infantil com concepções pedagógicas livre do preconceito, violência, exclusão social e estigmatização das pessoas pela cor da pele, origem ou condição social, deficiência, nacionalidade, etnia, religião, orientação sexual, identidade e/ou expressão de gênero. 

Apesar das ponderações de Sandra Marrocos, Carlão disse que o tema precisa ser melhor debatido. "A ideologia de gênero diz que a pessoa não nasce homem ou mulher, mas que decidirá no futuro se ela quer ser um ou outro. O que a gente entende é que o ser humano nasce homem ou mulher, mas se ele tem seu sentimento subjetivo de menino ser menina ou menina ser menino, ainda assim não se constrói o terceiro sexo. Onde fica a biologia nisso?", indagou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.