Política

Hotel Tambaú vai novamente a leilão para pagamento de dívidas trabalhistas

Lance inicial para aquisição do imóvel é de R$ 104,54 milhões.




Hotel Tambaú. Foto: Francisco França

Um dos principais cartões postais de João Pessoa, o Hotel Tambaú vai ser submetido a um novo leilão, por determinação da Vara do Trabalho de João Pessoa. O leilão será realizado de forma online pelo site Leilões PB e terá início no próximo dia 15 de junho, às 14h, com valor inicial de R$ 104,54 milhões.

O imóvel, pertencente a Companhia Tropical de Hotéis, é alvo de várias ações de execução na Justiça para o pagamento de dívidas trabalhistas, além de ações de penhora do prédio na 1ª Vara da Seção Judiciária Federal da Paraíba e na 5ª Vara da Seção Judiciária Federal da Paraíba.

As regras e condições para os interessados em participar da disputa estão disponíveis no site da entidade desde o último dia 1º de junho. Os licitantes que desejarem participar do leilão realizado na forma eletrônica deverão aderir às regras do Sistema de Leilão Eletrônico.

Quem der o melhor lance no imóvel poderá dividir o valor total em até 10 parcelas, mas cada uma delas não poderá ser inferir a 10% do valor da avaliação do bem. Já quanto aos bens móveis, os que tiverem valor inferior a R$ 5 mil deverão ser pagos à vista.

Imbróglio trabalhista

Esta é a segunda vez que o TRT-13 tenta colocar o Hotel Tambaú a leilão para o pagamento de dívidas trabalhistas. O prédio foi reincluído na lista de bens aptos à leilão em junho do ano passado, após o descumprimento de um acordo de conciliação, no valor de R$ 1 milhão, que havia sido firmado entre a Companhia Tropical de Hotéis e um ex-funcionário da Varig (extinta companhia aérea ligada ao grupo).

Em novembro do ano passado, o Hotel Tambaú se livrou de um leilão arbitrado pela Justiça Federal. O imóvel, então avaliado em R$ 212 milhões, iria a leilão por conta de uma dívida de pouco mais de R$ 164 mil, que precisou ser quitada para que o imóvel fosse retirado do pregão – segundo a assessoria de comunicação da Justiça Federal.

Hotel Tambaú

Em nota, o Hotel Tambaú informa que a dívida trabalhista que motiva a ação é da antiga Varig, e não do hotel. “O hotel busca em sua cidade natal o mesmo entendimento de outros tribunais, como do Rio de Janeiro e São Paulo, que já deferiram que os pagamentos sejam realizados com os recebíveis e não à destruição da empresa protegendo a sua função social para seus funcionários, fornecedores, cliente e, em particular, para cidade de João Pessoa”, diz a nota. A empresa encerra informando que “esforços jurídicos estão sendo tomados no sentido da solução deste ato”.

O empreendimento foi inaugurado na década de 70, com área construída de 18 mil metros quadrados. Ao todo são 173 apartamentos, divididos entre os que têm vista para o mar e para os jardins internos do hotel. O hotel possui infra-estrutura com piscinas, sauna, salão de jogos, sala de redes, quadra de tênis, restaurante, bares, salões de convenções, e um amplo auditório com capacidade para 522 pessoas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.