Política

Gervásio admite que Haroldo não é voz isolada no PMDB

Parlamentar diz que Haroldo Lucena não é voz isolada ao criticar indicação de Agra para vice, mas ele garante que PMDB continuará ao lado de Ricardo.




Phelipe Caldas

O deputado estadual Gervásio Filho (PMDB) falou nesta quarta-feira (2) sobre as declarações do vice-presidente da legenda, Haroldo Lucena, que criticou a indicação de Luciano Agra (PSB) para ser candidato a vice-prefeito na chapa a reeleição do prefeito Ricardo Coutinho (PSB). Ele confirmou que “Haroldo não é uma voz isolada no partido”, mas garantiu que a maioria dos peemedebistas pessoenses estarão empenhados na reeleição do atual prefeito.

Gervásio destacou a “essência democrática do PMDB” e disse que todo filiado tem o direito de manifestar suas opiniões. “Respeito as declarações de Haroldo e até admito que ele não é uma voz isolada, mas ao mesmo tempo reafirmo que marcharemos juntos com Ricardo rumo à vitória”, frisou.

O parlamentar lembrou que o seu partido faz parte da gestão municipal e lembrou a participação de seu pai (morto recentemente) no secretariado de Ricardo Coutinho. “Gervásio Maia foi um exemplo da boa relação entre o PMDB e o PSB”, explicou Gervasinho, se dizendo orgulhoso com declarações recentes de Ricardo de que o seu pai seria a indicação natural para vice caso ele ainda estivesse vivo.

Sobre o senador José Maranhão, Gervásio Filho disse que a presença dele na convenção municipal do PSB é a prova maior de que o partido é aliado “incondicional” do prefeito Ricardo Coutinho. Ele aproveitou também para negar os boatos de que Maranhão teria participado do encontro apesar de seu constrangimento.

Gervásio Filho falou também sobre as eleições estaduais de 2010. Ele garantiu que só conversa sobre a disputa para o Governo do Estado após a conclusão do pleito municipal, e só depois de fazer um balanço sobre o resultado das eleições em todos os municípios paraibanos.

Questionado sobre a possibilidade do PMDB priorizar uma suposta candidatura ao Governo do Estado do prefeito campinense Veneziano Vital do Rego, que é do PMDB, em detrimento de Ricardo que é do PSB e não indicou um vice peemedebista, Gervásio disse que não trabalha com suposições. “Na hora certa discutiremos as eleições estaduais e faremos consultas à população. Assim tem sido nossa linha de trabalho ao longo dos anos”, concluiu.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.