Política

Em 30 dias, prefeitura injeta R$ 65 milhões na economia de CG com 13º e duas folhas

Romero anuncia pagamento da gratificação natalina para o 20 deste mês.




Romero anunciou pagamento e medidas de contenção de gastos durante reunião com secretários na FIEP

Em 30 dias, a prefeitura de Campina Grande vai injetar R$ 65 milhões na economia local com o pagamento das folhas de pessoal de novembro (já efetuado) e dezembro (no final deste mês) e do 13º salário dos servidores efetivos no dia 20. “Apesar do congelamento das receitas e aumento das despesas com reajustes salariais anuais na educação, saúde e outras áreas, estamos mais uma vez pagando as folhas dentro do mês trabalhado e o décimo terceiro salário no prazo estabelecido pela legislação”, explica o prefeito Romero Rodrigues.

Além do pagamento das folhas, Romero disse que o programa de investimento em mobilidade urbana vai continuar. “No próximo dia 27, ocorrerá a licitação pública para contratação da empresa que vai pavimentar em, paralelepípedo, 175 ruas, em vários bairros. Por outro lado, a prefeitura já iniciou o asfaltamento de 125 ruas”, ressaltou o chefe do Executivo campinense.

Romero promoveu reunião, nesta sexta-feira (14), com a equipe de auxiliares diretos – secretários, dirigentes de autarquias e coordenadores da área financeira das pastas. O encontro de trabalho foi realizado na FIEP e teve como objetivo o repasse de diretrizes por parte de prefeito ao time gestor, no tocante a uma série de ajustes na máquina pública, com medidas austeras de contenção de gastos.

Na oportunidade, acompanhado do vice-prefeito Enivaldo Ribeiro, anunciou que o pagamento do 13º salário dos servidores ativos ocorrerá no próximo dia 20. No dia 19, a Prefeitura quitará a folha dos aposentados e pensionistas. Este foi apenas um dos tópicos da reunião, que durou cerca de uma hora e meia.

Enxugamento

Basicamente, Romero Rodrigues convocou a equipe para recomendar que seja adotada uma série de medidas, a curto prazo, para enxugamento dos gastos da máquina administrativa. Segundo o prefeito, apesar de 2018 ter-se constituído num ano extremamente difícil para as finanças públicas dos municípios, a Prefeitura de Campina Grande vem honrando os salários de seus servidores dentro do mês trabalhado e vem mantendo todos os seus serviços básicos funcionando.

De qualquer forma, Romero destacou ser necessário que sua equipe esteja atenta para um cenário que ainda se desenha com grandes dificuldades e desafios, mesmo havendo uma expectativa muito positiva em torno da próxima gestão federal, principalmente na área econômica.

No momento, porém, alertou o prefeito, a situação das receitas ainda é dramática. O repasse da cota extra do FPM para os municípios, este ano, por exemplo, está no mesmo patamar de 2015.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.