Política

Dez vereadores tomam posse em Cabedelo após Operação da Polícia Federal

Eleição da mesa diretora aconteceu depois de prefeito e vereadores serem presos ou afastados.




Sessão acontece na manhã desta quarta-feira na Câmara de Cabedelo (Foto: Hebert Araújo/Rádio CBN JP)

O vereador Vitor Hugo (PRP) foi eleito presidente da Câmara Municipal de Cabedelo e, com isso, assume a prefeitura da cidade na tarde desta quarta-feira (4). A eleição aconteceu depois da posse de vereadores suplentes tomaram posse, medida tomada após o afastamento de dez vereadores do município, sendo cinco deles presos durante a ‘Operação Xeque-Mate’ da Polícia Federal, realizada na terça-feira (3).

Segundo a Polícia Federal e o Ministério Público da Paraíba (MPPB), o prefeito da cidade, Leto Viana, é o cabeça de uma organização criminosa que funcionava na prefeitura de Cabedelo e também na Câmara Municipal da cidade. O esquema contava com coação de vereadores, emprego de funcionários fantasmas e doações de terrenos públicos de forma irregular. As investigações apontam que foram desviados dos cofres públicos cerca de R$ 30 milhões. Existe também a suspeita de Leto teria comprado o mandato de prefeito em 2013.

>> Operação prende prefeito de Cabedelo, Leto Viana, cinco vereadores e cinco servidores do município; veja lista
>>> Compra de mandato e tentativa de homicídio são citados em ‘colaboração premiada’ contra Leto Vian
a
>>> Polícia Federal apreende R$ 300 mil com suspeitos durante operação que prendeu prefeito de Cabedelo

Com a eleição da mesa diretora, a vereadora Gerda Ribeiro foi eleita vice-presidente da Câmara, assumindo o cargo de presidente com a ida de Vitor Hugo para o comando do Executivo. E Divino Francisco, eleito segundo vice-presidente, passa a vice-presidente. Também compõem a mesa Janderson Brito e Waldir Moreira, primeiro e segundo secretários respectivamente.

>>> ‘Deixa a polícia trabalhar’, diz Luceninha sobre denúncia de venda de mandato para Leto Viana
>>> Preso pela PF, Leto Viana é levado para Batalhão da PM

Dos 15 vereadores que ficaram na Câmara, oito são do partido do prefeito preso na Operação Xeque-Maque, Leto Viana (PRP).

Confira a lista dos novos vereadores e Cabedelo:

Benone Bernardo (PRP)
Josimar de Lima Silva (PRP)
Valdi Silva Moreira (PRP)
Herlon Cabral (PRP)
Divino Francisco (PRP)
Maria do Socorro Gomes (PRP)
José Francisco Pereira (PSDB)
Janderson Bizerril de Brito (PSDB)
Jonas Pequeno dos Santos (PSDB)
Maria das Graças Carlos Rezende (MDB)

Vereadores presos na operação da PF

Jacqueline Monteiro Franca (PRP), esposa de Leto – Vereadora e vice-presidente da Câmara
Lúcio José do Nascimento Araújo (PRP) – vereador e presidente da Câmara
Tércio de Figueiredo Dornelas Filho (PSL) – vereador
Rosildo Pereira de Araújo Júnior, “Júnior Datele” (PEN) – vereador
Antônio Bezerra do Vale Filho, “Antônio do Vale” (PRP) – vereador

Vereadores afastados

Josué Góes (PSDB)
Belmiro Mamede (PRP)
Rogério Santiago (PRP)
Rosivaldo Galan (PRP)
Moacir Dantas

Vereadores que ficaram na Câmara

Rey (PSDB)
Vitor Hugo (PRP)
Eudes (PTB)
Professora Geusa (PRP)
Fabiana Régis (PDT)


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.