Política

Dê trabalho aos deputados estaduais. Confira telefones e e-mails

Parlamentares elevam os dias de folga sob o argumento de que trabalham até 24 horas por dia e não podem ser comparados aos trabalhadores comuns




Esta semana os deputados estaduais decidiram que precisavam de um tempo a mais para descansar e aprovaram uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que amplia para 30 dias o recesso do meio do ano. Com isso, anualmente, os deputados passam a ter direito a 72 dias de folga, além de uma remuneração mensal superior a R$ 65 mil (salários mais verba indenizatória). Na justificativa, o argumento foi o de que o trabalho parlamentar não se restringe ao plenário, nem mesmo aos gabinetes. Explicação semelhante à dada quando eles faltam às sessões. Alguns deputados chegaram a dizer que trabalham 24 horas por dia.
Com base nisso, a reportagem do JORNAL DA PARAÍBA foi às ruas para ouvir a população. Como era de se imaginar, a avaliação do trabalho parlamentar não foi boa. Os entrevistados comungam de um mesmo sentimento: são muitos benefícios e pouco trabalho em prol da população paraibana, apesar da disposição para ajudar alegada pelos parlamentares. Para auxiliar o cidadão a acionar todos eles, o JP decidiu publicar a lista dos 36 deputados, com os respectivos e-mails e telefones.
Na enquete, os entrevistados disseram desejar que os deputados passem a ter os mesmos direitos dos demais trabalhadores. Uma avaliação não partilhada pelo presidente da Assembleia, Adriano Galdino (PSB). Segundo ele, o trabalho de um deputado não pode ser comparado ao de um cidadão comum, que volta para casa e se fecha em seu mundo.
Com base neste entendimento, os deputados optaram por acelerar a votação que ampliou de 15 para 30 o recesso de meio de ano. De tão rápida, a tramitação quase passou despercebida para quem acompanha o dia a dia na Assembleia Legislativa.
Para defender a legitimidade da ampliação da folga, os parlamentares apelaram. Segundo Adriano Galdino, a função parlamentar é exercida sem pausa até nos fins de semana ou feriados. Apesar da população vivenciar uma realidade totalmente distinta do discurso parlamentar, Galdino garantiu que os deputados estão presentes na vida do povo paraibano de domingo a domingo, o que descreveu como sendo uma “vida estressada”.
De acordo com os deputados, as bases eleitorais e comunidades são visitadas constantemente e não importa o horário, seja pela manhã ou durante a madrugada, os 36 deputados paraibanos estão sempre disponíveis para atender à ligação da população e ouvir suas necessidades.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.