Política

Cartaxo afirma que sua gestão investiu mais de R$ 62 mi em 2015

Segundo Luciano Cartaxo, a gestão realiza hoje o maior conjunto de obras e ações de inclusão social já desenvolvido na história de João Pessoa. 




A prefeitura de João Pessoa investiu no primeiro semestre de 2015 mais de R$ 62 milhões em obras e ações já entregues. O número é 107% superior ao que foi registrado no mesmo período do ano passado, quando se atingiu a marca de R$ 29 milhões. Os números foram divulgados durante reunião nesta quinta-feira (2) do prefeito Luciano Cartaxo (PT) com o secretariado.

De acordo com os dados apresentados, durante o encontro, a prefeitura vem mantendo um ritmo acelerado na entrega de obras. Apenas no primeiro semestre de 2015, foram 26 inaugurações, o que alcança a média de uma por semana.

Segundo Luciano Cartaxo, a gestão realiza hoje o maior conjunto de obras e ações de inclusão social já desenvolvido na história de João Pessoa. “Há o tempo de plantar e o tempo de colher. Nós plantamos muito, agora a nossa capital está colhendo os resultados”, afirmou, durante entrevista concedida no final da reunião.

Ainda segundo o balanço da gestão, para melhorar o atendimento em áreas essenciais, foram contratados mais de mil professores e servidores para a Educação, o efetivo da guarda municipal foi duplicado e mais de 1,7 mil profissionais de saúde passaram a atuar, incluindo 371 médicos. Na atenção básica, foram construídas e reformadas 16 unidades de Saúde da Família; inaugurada a Academia da Saúde do Geisel e a Nova UPA do Valentina Figueiredo já realizou mais de 65 mil atendimentos, estando em andamento a unidade de Cruz das Armas.

No desenvolvimento social, já são mais de 600 pessoas beneficiadas pelo programa Cuidador Familiar – uma iniciativa inédita no país, que se tornou referência no atendimento aos idosos. Também foram contratados 141 auxiliares pedagógicos de inclusão e adquiridos 13 novos micro-ônibus acessíveis para apoio às crianças com deficiência. Além disso, o Banco Cidadão já investiu R$ 18 milhões no financiamento e fomento aos negócios dos pequenos empreendedores. E o restaurante popular serve diariamente 1.300 refeições a pessoas de baixa renda, com a construção da unidade de Mangabeira. “Temos uma preocupação de realizar não apenas obras de pedra e cal, mas, sobretudo de cuidar das pessoas”, defendeu Luciano Cartaxo.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.