Política

Candidato cajazeirense polemiza no Ceará

Radialista satirizava assessores e correligionários de políticos.




O cajazeirense Manoel Silva Vieira virou o radialista Vieira Neto, no município de Baturité, a 92 km de Fortaleza, capital do Ceará.

Durante vários anos, passou a apresentar o programa de rádio “É de Lascar”, de segunda a sexta das 11h às 13h, abrindo espaço para os cidadãos da cidade reivindicar, cobrar, denunciar e protestar contra as autoridades e políticos.

O programa tinha vários quadros que chamavam a atenção de seus ouvintes como o “A hora do Babão”, no qual satirizava assessores e correligionários de políticos. Ele combatia diariamente a corrupção e defendia no programa uma política na qual somente os homens limpos poderão resolver os problemas da população. Foi o responsável na região pelo debate favorável à aprovação da Lei da Ficha Limpa.

O programa foi o palanque perfeito para ganhar popularidade.

Diante do sucesso, recebeu convite para se filiar ao PT do B e concorrer à Prefeitura de Baturité. Ele aceitou e formou a coligação “Trabalho com Justiça Social”, integrada por PMDB , PCdoB e PT do B.

“Vamos varrer a corrupção e os corruptos de Baturité”, proclama nos comícios e passeatas o sertanejo da Paraíba Vieira Neto.

TIMBAÚBA
Natural de Salgado de São Félix, no Vale do Paraíba, Maria do Socorro Bezerra (PSL) virou Maria Timbaúba. A paraibana vai enfrentar dois homens na corrida pela Prefeitura de Timbaúba, em Pernambuco: Gilson Muniz (15) e Marinaldo Rosendo (40). O slogan de campanha dela é “Oposição de Verdade”.

Ainda no Estado de Pernambuco, o médico Silvino Duarte (PSDB) é candidato a prefeito de Garanhuns. Ele nasceu em Princesa Isabel, no Sertão.

Já Delson Lustosa (PTB), natural de Mãe D’Água, também na Paraíba, é candidato em Santa Terezinha.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.