Política

Câmara de Campina Grande: pacote de cortes quer reduzir R$ 120 mil por mês em gastos

Presidente da Casa reduz o próprio salário de R$ 20 mil para R$ 16 mil e demite funcionários de seu gabinete.




Ivonete Ludgério anuncia pacote de corte de gastos nesta quinta-feira (17)

Com a meta de economizar R$ 120 mil por mês, a presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, vereadora Ivonete Ludgério (PSD), anunciou nesta quinta-feira (17) um pacote de medidas para contar gastos. As medidas incluem demissões, adequação de horário de funcionamento do Poder Legislativo, cortes no custeio, exonerações, fim das sessões especiais à noite e redução de salários, iniciando pelo próprio vencimento da presidente.

Segundo Ivonete, seu salário teve uma redução de R$ 4 mil, passando de R$ 20 mil para R$ 16 mil brutos, enquanto os secretários da Câmara tiveram os vencimentos ‘achatados” de pouco mais de R$ 11 mil para R$ 8 mil . Já os demais vereadores não foram atingidos. Eles vão continuar recebendo R$ 12.025,25. Todas as medidas entram em vigor a partir de 1º de fevereiro.

Conforme a Chefe do Legislativo campinense, as medidas são necessárias em virtude das quedas de arrecadação do município no último ano, o que corresponde na redução dos repasses para a Casa de Félix Araújo. A presidente informou que, no mês de dezembro, demitiu todos os funcionários do seu gabinete pessoal e os funcionários da Presidência, para iniciar os ajustes necessários para adequar a folha de pagamento. No entanto, serão recontratados.

“Estou estudando a possibilidade de dar um corte também nos salários dos funcionários de cargo comissionados que recebem acima de dois salários mínimos. Este corte linear seria entre 5 e 10%, mas ainda estou estudando essa possibilidade”, explicou Ivonete, acrescentando que a Câmara Campina Grande vai funcionar das 8h às 14h, a partir de fevereiro. Hoje, o Legislativo funciona durante a manhã e tarde.

Receitas

De acordo com Sagres, do Tribunal de Contas do Estado, em 2017, as receitas da Câmara Municipal foram R$ 21.609.235,33. Em relação ao ano de 2018, o TCE disponibilizou a arrecadação de janeiro a novembro: R$ 19.383.389,26. Prefeituras e câmaras municipais têm até o final deste mês para enviar ao tribunal os balancetes de dezembro de 2018.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.