Política

CMCG debate com empresários e secretários Plano de Desenvolvimento – CG 2035

Na audiência, foi apresentado o Projeto de Lei que institui o programa estratégico.




Vereadores de Campina Grande debateram Plano 2035 com entidades e secretários

A Câmara Municipal de Campina Grande realizou, na segunda-feira (9), uma audiência pública para apresentação do Projeto de Lei que institui o Plano Estratégico de Desenvolvimento Campina Grande 2035.

O documento foi elaborado em três etapas, com projeções de metas e ações de curto, médio e longo prazo. A ideia é que o documento norteie o desenvolvimento sustentável da cidade nas próximas décadas, sendo um guia referencial para ações nas áreas social, econômica, educação, saúde, infraestrutura, urbanismo, mobilidade urbana e qualidade de vida.

A audiência contou com a presença de secretários e outras autoridades municipais. A reunião foi presidida pelo vereador Márcio Melo (PSDC). A elaboração do Plano Estratégico de Desenvolvimento – Campina Grande 2035 aconteceu sob a coordenação da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep) e a participação de representantes dos mais diversos segmentos sociais.

FIEP

Discursou primeiro o presidente do Comitê Gestor, Renato Lago, que informou ter sido o Plano elaborado sem a participação financeira da prefeitura, pois, com isso, evitou-se qualquer ingerência política e administrativa neste importante documento. Ele elogiou a postura isenta do prefeito Romero Rodrigues, como também registrou o empenho do atual governo municipal em executar as metas de curto prazo estabelecidas nos eixos do documento.

Logo depois, falou aos vereadores o advogado André Ribeiro, também tecendo elogios ao prefeito municipal, pois este não adotou qualquer postura de intervenção nas diretrizes do Plano, respeitando e acatando as sugestões oriundas de todos os segmentos sociais de Campina Grande, mesmo porque a meta é estabelecer um instrumento democrático da política administrativa municipal.

Por fim, falou o secretário André Agra, relatando os objetivos principais, eixos e a importância do Plano para a garantia do desenvolvimento locais nas próximas duas décadas. Em seguida, os vereadores fizeram uso da palavra, analisando a relevância da iniciativa. Eles, agora, terão a tarefa de estudar e apresentar sugestões para que o projeto de lei seja aprimorado e, finalmente, tenha a sua aprovação por parte do Poder Legislativo Municipal.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.