Política

Benjamin Maranhão assume cargo em ministério do governo Bolsonaro

Ex-deputado foi nomeado para diretoria vinculada ao Ministério da Cidadania.




Benjamin Maranhão estava sem função pública desde janeiro. Foto: Cleia Viana / Câmara dos Deputados

O ex-deputado federal paraibano Benjamin Maranhão (MDB), sobrinho do senador José Maranhão (MDB), foi nomeado para um cargo diretivo no Ministério da Cidadania do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

A portaria de nomeação, assinada pelo ministro Onyx Lorenzoni, foi publicada no Diário Oficial de quinta-feira (21).

Benjamin vai assumir a função de diretor do Departamento de Fomento à Inclusão Social e Produtiva Rural da Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania.

Após deixar o comando do SD e se filiar ao MDB, o ex-deputado disputou a reeleição para a Câmara Federal mas não se elegeu. Ele obteve 45.599 (2,23% dos votos válidos) e ficou como 1º suplente da chapa MDB-PR-Patriotas, que elegeu apenas o deputado Wellington Roberto (PR).

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.