Política

Anibal Marcolino é afastado do quadro do IASS por assumir na ALPB

Decisão de Laura Farias foi publicada no DOE desta quarta-feira. 



Divulgação/ALPB
Divulgação/ALPB

Em mandato provisório na Assembleia Legislativa da Paraíba, o deputado Aníbal Marcolino (PSD) foi afastado do quadro permanente de pessoal do Instituto de Assistência à Saúde do Servidor (IASS).  O afastamento, sem percepção de vencimentos, no entanto, só deve perdurar até dezembro, quando ele sai da Casa para o retorno do titular da vaga, o deputado Jullys Roberto (PMDB). A determinação da superintendente do IASS, Laura Farias, foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (20). 
 
O afastamento ocorre após informações reveladadas pelo Blog de Suetoni que aponta o médico Aníbal Marcolino como líder absoluto do ranking de servidores públicos com maior número de vínculos com órgãos públicos na Paraíba. Os dados são revelados pela ferramenta Folha Limpa, uma das vencedoras na terceira edição do Hackfest Contra a Corrupção.
 
Aníbal Marcolino aparece nas folhas funcionais de repartições paraibanas declaradas no primeiro semestre deste ano ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE). A relação dos vínculos inclui a Prefeitura Municipal de João Pessoa, Fundo Municipal de Saúde de Cabedelo, Fundo Municipal de Saúde de Sapé, Fundo Municipal de Saúde de João Pessoa, Prefeitura Municipal de Bayeux e Ipep. Ao todo, contabilizando as declarações de pagamento mensais nos primeiros meses do ano, aparece remuneração acumulada de R$ 21.849.